X
Menu

Plástica Ocular

A oculoplástica, ou plástica ocular, é a subespecialidade da Oftalmologia que trata de problemas relacionados às pálpebras, vias lacrimais e órbita e subdivide-se em cirurgia restauradora e estética.
No Brasil, a oculoplástica começou a se firmar como subespecialidade na segunda metade da década de 1960. 

Catarata

A catarata é uma opacidade do cristalino, lente natural do olho. Pessoas que têm catarata possuem a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada. Esse problema pode tornar mais difíceis tarefas cotidianas como ler, dirigir ou interpretar a expressão das pessoas.
Em um primeiro momento, uma iluminação mais forte e uso de óculos podem ajudar a lidar com a catarata, mas se a visão prejudicada interfere com as atividades normais, é necessário fazer a cirurgia de catarata, que felizmente costuma ser um procedimento seguro e bastante eficaz.

Glaucoma

O Glaucoma é uma doença silenciosa que causa diminuição progressiva da visão devido à morte de células da retina e danos estruturais do nervo óptico. Com o nervo óptico lesado, as imagens captadas pela retina não chegam ao cérebro, e com o passar do tempo e esses danos causados pelo glaucoma, o paciente passa a apresentar pontos cegos no campo visual, podendo progredir para cegueira irreversível se o glaucoma não for diagnosticado e tratado adequadamente.
Infelizmente o glaucoma não apresenta sintomas e progride em silêncio, e por isso é importante consultar um oftalmologista regularmente.

Córnea

A córnea  é um tecido transparente, fino e resistente localizado na parte anterior do olho. É a primeira interface que a luz atravessa. Ela permite a entrada da luz e executa dois terços das tarefas de foco, seguida da íris (área colorida do olho) e da pupila.
A córnea é avascular, sendo nutrida pelo humor aquoso, pelo filme lacrimal, e por difusão de vasos presentes no limbo.

Retina

A retina é uma das membranas do seguimento posterior do olho que tem a função de transformar o estímulo luminoso em um estímulo nervoso.
O estudo do fundo do olho serve como referência para enxergar duas estruturas importantes, que são a papila e a mácula. A primeira corresponde ao ponto em que o nervo óptico se continua com a retina, enquanto que a segunda representa o ponto mais sensível de toda a retina.
Na retina estão cerca de 120 milhões de foto-receptores, que são os cones e bastonetes, responsáveis por liberar moléculas neurotransmissoras a uma taxa que é máxima na escuridão e diminui de um modo proporcional com o aumento da intensidade luminosa.
Na retina pode ocorrer patologias que devem ser tratadas o mais rapidamente possível, com isso uma consulta ao oftalmologista periodicamente se faz necessária, pois a prevenção é o melhora caminho para manter uma saúde ocular.

Endereço e Contato

Avenida Jorge Amado, nº 2510
Shopping Imbuí Plaza, salas 101 a 103
Imbuí, Salvador/BA, CEP: 41.420-040

Telefones: 71 3362-0620  |  71 3462-4030
WhatsApp: 71 99657-1258
E-mail: contato@cobclinicadeolhos.com.br

Siga-nos nas mídias sociais

Facebook  Facebook

Endereço e Contato

Avenida Jorge Amado, nº 2510
Shopping Imbuí Plaza, salas 101 a 103
Imbuí, Salvador/BA, CEP: 41.420-040

Telefones: 71 3362-0620  |  71 3462-4030
WhatsApp: 71 99657-1258
E-mail: contato@cobclinicadeolhos.com.br

Siga-nos nas mídias sociais

Facebook  Facebook